terça-feira, 2 de setembro de 2008

Humano amor de Deus

Saudade inenarravel da minha vó
Os acontecimentos dos ultimos dias, me fez reviver tudo!


"Quando a solidão doeu em mim
Quando o meu passado não passou por mim
Quando eu não soube compreender a vida
Tu vieste compreender por mim
Quando os meus olhos não podiam ver
Tua mão segura me ajudou a andar
Quando eu não tinha mais amor no peito
Teu amor me ajudou a amar
Quando os meus sonhos vi desmoronar
Me troxeste outros pra recomeçar
Quando me esqueci que era alguém na vida
Teu amor veio me relembrar
Que Deus me ama
Que não estou só
Que Deus cuida de mim
Quando fala pela tua voz
E me diz: coragem! "

(Padre Fábio de melo)

7 comentários:

Juiz Igor Cardoso disse...

Acho que tá começando a doer...

Karine Leão disse...

Sarinha,

De saudade eu entendo bem...

O que posso te dizer?

Talvez o tempo tenha a resposta que eu, vc e todos que sentimos saudades, queremos saber...

Enquanto isso, tente pensar em sua avó com carinho!

Beijo Karinhoso!

Sammyra Santana disse...

Ai Sarinha... saudade do meu pai, do meu avô...
Mas minha vózinha completa cem anos domingo e a gente vai fazer uma festinha pra ela no sábado! Tão linda ela... e eu empresto minha vózinha um pouquinho a tu, viu, gêmea?
Beijo bem grandalhão!

Quase Trinta disse...

Saudades é dificil de aguentar mesmo...

Tay disse...

Saudade é dose...sei oq ue é isso..
passa lá tem presentinho..beijo

Monique Lôbo disse...

Saudade é fogo,dói que só ela!
Linda a sua vovó!!E lindo também o poema!
Não tenho muito grude com a minha vó,só conheço uma, a minha vó materna,ela teve seis filhas e tem 7 netos,mas nunca fomos grudadas,sabe aquela relação vó neta,a nossa é mais formal,sei lá,queria que fosse mais proxima!!

Bjuss

- Tiffany disse...

é dificil perder uma pessoa tão querida né??
eu perdi meu bisavô, sei o que tu sentes..