sábado, 29 de agosto de 2009

A tal da DR

Estavamos conversando sobre as nossas relações.. (é a tal da DR, mas como o namorado ainda não apareceu... vamos falar mesmo das amizades!)
É simples e ao mesmo tempo complexo. E essa complexidade é que mais me intriga. Afinal, se é simples, porque complicar tanto? Desde o momento que nos conhecemos, estabelecemos o tal contrato de convivência. Até onde eu posso ir, até que ponto minhas brincadeira tem graça, até onde elas ofedem, o tipo de saida, o tipo de conversa, o abraço (ou não), o carinho (ou não), quais temas eu posso discutir que a amizade não vai balançar por causa da divergencia de opinião, quais emails eu posso mandar, e por ai vai.
Essas regras são definidas de acordo com a convivência, e são inconsciente! Quando percebemos elas já estão lá. No começo da relação, tudo são flores. Queremos sempre agradar e que a pessoa que está achegando sinta-se bem vinda a sua vida! É como o Gabriel Chalita fala: 'é encontrar a mesa sempre posta, para festejar..'
O tempo passa. A intimidade vai ganhando espaço, e pronto! A mesa na varanda não está tão arrumada mais.. O que encontramos são as exigencias das flores postas, dos sorrisos cativantes quando na verdade o que precisamos é do abraço e do aconchego daquele que vem, com as piadas que talvez não seja tão mais engraçada, e nos pegamos de surpresa exigindo do outro que ele cumpra as regras, que ele continue dizendo que ama, continue disposto a ouvir sempre que você quiser falar até mesmo nos dias em que ele precisa é ser ouvido. Egoismo ? Talvez é porque cai a ficha de que não conseguimos viver sozinhos.
O que eu quero é sempre encontrar alguém na esquina da minha vida e saber que ele estava ali me esperando. O outro que me faz ser o que eu sou. O outro que preenche o vazio, que me faz sentir ser alguém.
Nossas relações são complexas porque exigimos do outro. Quando na verdade, a mesa deve estar posta sempre e alegria de rever aquele amigo que há algum tempo não vem festejar. (no sentido de dividir..)  Daquele amigo que precisa da mesa ali, pra reencontrar seus valores e sentido pra sua vida. Que a mesa posta na varanda da nossa vida, seja a abertura para aquele vai chegando e partilhando da vida. O olhar que precisa pra ter a firmeza de que NÃO mais está sozinho.
Porque sempre fica um pouco dele em mim, e vai um pouco de mim nele.
É simples a dinamica da vida, quando as regras não deveriam existir. Não deveria exigir do outro aquilo que ele não pode me dar, ou até simplesmente não exigir.
Seja bem vindo a minha vida que não precisa de regras para ser visitadas, a unica regra é que você permaneça.
'Vamos juntos, porque sozinho é mais dificil.'

10 comentários:

Igor Cardoso disse...

ADOREI o post!
Uma visão extremamente atual do Contrato Social de Rousseau!

E falando no mestre Jean Jacques:


"As mulheres louvam de muita boa vontade os que as admiram."


LHE ADMIRO, BENGALA!

Uyara disse...

Lindas palavras! Como sempre vc falando coisas certas nos momentos oportunos! =) Tenho certeza q vc escolheu a profissão certa!!

bjinhus!!!

Déia disse...

Que lindo!
Viver sozinho é mais simples, porém mais triste!

Talvez eu conte nos dedos os verdadeiros amigos...mas é sempre bom ter com quem contar!
Mesmo que a relação seja uma construção constante, vale a pena!
bj

Monique Lôbo disse...

Oi Sarinha,
Que post lindo! Como diz a minha irma: intimidade eh uma merda, mas agente nao vive sem ela! E eh assim mesmo, vamos convivendo e de inicio queremos agradar e criamos expectativas, e com o tempo a intimidade faz com isso passe pra segundo plano, mas acho que isso nao diminue o valor da amizade, mas claro que eh sempre bom lembrar de voltar a agradar, criar novas expectativas etc. Mas o mais importante eh sempre estar junto, eh ser um bom amigo, eh ter companhia!!!

Lindo post!!

P.S¹: Brigadinho pelo selo!!!!

P.S²:Desculpa a falta de acento, mas meu teclado continua pirado!!!

Bjaooo

JIME disse...

A amizade duplica as alegrias e divide as tristezas.
Beijos.

Sammyra Santana disse...

Gemea, acho que em sonho eu te encmendei esse texto aí e vc muito que fez pr aeu ler, num foi? rsrs
Vai le rmeu pensamento assim lá longe... kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Adooooooooooooooooooooro vc!

Na. disse...

Ahh, amizade é uma coisa muito boa, como dizem, são nossos irmãos que podemos escolher! Mas como em toda relação, é preciso que as diferenças sejam respeitadas para que elas sejam duradouras e verdadeiras! Ótimo texto! E, pelo menos nessa vida virtual, estarei sempre por aqui! rs
Xerus
=***

Camila disse...

juntos con certeza :)

Déborah disse...

Meu Deus que saudades desse cantinho aconchegante e simpáticooo!!

"'Vamos juntos, porque sozinho é mais dificil."

Ou quase impossiveel! ;D

Lydia Llewelyn disse...

Vc escreve mto bem, admiro, acho que nao consigo escrever assim, vou logo ao ponto rsrs

Adorei o texto.